quinta-feira, 25 de setembro de 2008

HC149-Canto do pescador

"...E disse Jesus a Simão: Não temas;
de agora em diante serás pescador de homens."
(Lucas 5:10)


Autor e Compositor: Paulo Leivas Macalão (P.L.M.)


1
No meu barco a remar.
Sobre as ondas, pelo mar,
Mesmo na bonança ou no furacão
Não desejo mais parar;
Com a rede vou pescar,
Muitos peixes para o reino de Sião,

Coro
Vou pescar os pecadores para Cristo,
Neste mundo cheio de horror;
Não mais desanimarei;
Minha rede lançarei;
Muitos peixes apanhando p’ra o Senhor.

2
O meu barco não é bom,
De pescar não tenho dom.
E me dizem que não devo continuar;
Mas Jesus me quis mandar,
E por isso vou pescar,
Té que Ele se apraze em me chamar.

3
Tem um modo o Senhor.
Que é próprio do amor,
Ele usa dos remidos o menor,
Todo o mundo me deixou,
E de mim se envergonhou,
Mas alegre, vou pescar, pois é melhor.

4
Se há coisa de valor,
E a rede de amor,
Cujo tio é a obra de Jesus,
Que puxada sempre traz
Os perdidos e sem paz,
Para receberem do Senhor, a luz.

5
Quando há um temporal,
E a pesca corre mal,
Novamente no meu barco vou pescar!
Pode ser que desta vez,
Eu não tenha mais revés
Pois Jesus eu levo para m'ensinar.

6
Acabando de pescar,
E deitado a pensar,
Tenho gozo pelo tempo que gastei;
Pois terei um galardão
Pela pesca, em Sião,
Pelas almas que no mundo eu ganhei.


HISTÓRIA

Pensando nas lutas intensas que passava e ao mesmo tempo, em como Deus fazia prosperar seu ministério, com uma rápida expansão, na Zona Oeste do Rio de Janeiro àquele tempo - Estado da Guanabara - Paulo Leivas Macalão iniciou, mesmo ali no banco da estação de trem, a composição deste hino que na verdade é uma auto-biografia, do início de seu ministério.

1
No meu barco a remar.
Sobre as ondas, pelo mar,
Mesmo na bonança ou no furacão
Não desejo mais parar;
Com a rede vou pescar,
Muitos peixes para o reino de Sião,

Coro
Vou pescar os pecadores para Cristo,
Neste mundo cheio de horror;
Não mais desanimarei;
Minha rede lançarei;
Muitos peixes apanhando p’ra o Senhor.

É importante observar a expressão utilizada nas seguintes estrofes:

2
O meu barco não é bom,
De pescar não tenho dom.
E me dizem que não devo continuar;
Mas Jesus me quis mandar,
E por isso vou pescar,
Té que Ele se apraze em me chamar.

3
Tem um modo o Senhor.
Que é próprio do amor,
Ele usa dos remidos o menor,
Todo o mundo me deixou,
E de mim se envergonhou,
Mas alegre, vou pescar, pois é melhor.

Neste trecho ele transpira tudo que estava em sua alma, e aprouve a Deus, ao chama-lo marcar aquele momento com algo especial, pois a multidão de mais de 2000 pessoas presentes no Cemitério de Edson Passos, ouviu o chamamento do pastor José Pimentel de Carvalho - que presidia a cerimõnia, para que olhassem para o céu, pois um fenômeno totalmente atípico, marcava aquele momento - um círculo nas côres do arco-iris, envolveu o Sol, como se fosse uma coroa - e toda a multidão ao ouvir o pr Pimentel dizer:

"Deus está nos mostrando, aqui em baixo, que um grande herói da fé, no Brasil, está sendo recebido lá em cima" - comoveu-se e um grande mover do Espírito ocorreu entre o povo, de tal forma que irmãos foram renovados, outros batizados no Espirito Santo e toda a multidão em alta voz, louvou ao Senhor, num autêntico culto pentecostal, enquanto o coral e orquestra Getsemâni da Igreja de Madureira, entoava o hino "Porque ELE vive, posso crer no amanhã" - foi um dia memorável.

-.-

Nenhum comentário:

Contador

Pesquisa sobre os hinos mais cantados na sua igreja: